jun 01

Livro Amigo

Brasileira cria primeiro personagem livro no mundo o AMIGO LIVRO: o livro amigo da criança, com registro de direito autoral na Fundação Biblioteca Nacional. Assista ao vídeo e converse com a Autora no UEADSL!
Autora: Sâmia Macedo Ferreira Macedo

    

 

jun 10

Conhecendo as Ações de Educação a Distância da UFMG

Nas últimas décadas, a UFMG vem atuando em diversos projetos de Educação a Distância (EaD), que incluem atividades de ensino, pesquisa e extensão. No intuito de dar maior visibilidade às ações vinculadas ao Centro de Apoio à Educação a Distância (CAED/UFMG) será apresentado um panorama da EaD no cenário nacional e no âmbito da UFMG. Espera-se que tais informações possam subsidiar a discussão de uma política de EaD na universidade que atenda à demanda por novos cursos e fortaleça a convergência do ensino presencial e a distância.
Autores: Wagner José Corradi Barbosa

Assista a VIDEOCONFERÊNCIA aqui

maio 21

Educação a distância: ferramenta de inclusão social

O artigo analisa a educação a distância como forma de inclusão social no Brasil. Por meio de um levantamento bibliográfico, abordaremos a expansão de cursos a distância que propiciam aos mais diversos sujeitos a oportunidade de se inserirem na sociedade por meio da educação.
Palavras-chave: Educação a distância. Inclusão social. Cidadania. Formação e profissionalização.
Autores: Rafaela Magalhães Siqueira
Vinícius Sáez de Oliveira Coelho

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

maio 21

Em que medida o letramento digital afeta a inclusão social

Este trabalho discorre sobre Letramento Digital, apontando sua importância mediante a ascensão das novas tecnologias. Por meio de um levantamento bibliográfico de autores como Soares (2002), Marcuschi (2002) e Coscarelli (2011), salientamos a necessidade de investimentos na educação, principalmente no que se refere à inclusão social.
Autores: Isabela Azevedo Miranda
Luísa Faria de Almeida Braga

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

maio 21

O lugar do letramento digital na escola pública

Partindo da premissa de que as TIC’s ocupam um espaço significativo na organização da sociedade moderna e nas relações que nela se estabelecem, faz-se inadiável a tarefa de conferirmos às TIC’s o seu devido lugar na educação e de criarmos mecanismos eficazes para que a escola (pública) explore amplamente os recursos que tem à sua disposição para que possa (a) instrumentalizar seus alunos a lidar com tais ferramentas e (b) promover a inclusão sociodigital por meio das práticas escolares.
Autores: Tatiana do Nascimento Cavalcante

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui