jun 01

Livro Amigo

Brasileira cria primeiro personagem livro no mundo o AMIGO LIVRO: o livro amigo da criança, com registro de direito autoral na Fundação Biblioteca Nacional. Assista ao vídeo e converse com a Autora no UEADSL!
Autora: Sâmia Macedo Ferreira Macedo

    

 

jun 05

O dicionário online de língua como importante recurso didático

O dicionário de língua é o acervo de registro do léxico, dotado de critérios e sistematizações para a catalogação e o acomodamento das entradas e definições que nele estão presentes. No âmbito escolar, sua importância vem ganhando espaço à medida que aumenta a preocupação com o ensino do léxico. Neste trabalho, destacamos seis dicionários de livre acesso na internet e, com o uso deles, propomos atividades educacionais que vão além do livro didático, explorando as palavras, suas formações e seus sentidos.

Palavras-chave: dicionário online; dicionário de língua; ensino do léxico.
Autores: Geraldo Jose Rodrigues Liska

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 03

Letramento Digital: competências e habilidades para navegação em rede

A discussão a que se propõe este trabalho apresenta como objetivo nortear alguns conceitos que permeiam o letramento digital. Por meio de uma pesquisa bibliográfica, relaciona o desenvolvimento do letramento digital, sua importância, bem como a necessidade de habilidades e de competências que possam assegurar o uso das tecnologias em seus mais diversos aspectos.
Autores: Josiane Brunetti Cani Ferrari

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

maio 22

Zona de desenvolvimento “distancial” por meio de tutoriais: caminhos para a autonomia na educação a distância

Atualmente cursos à distância e semi-presenciais têm sido criados a fim de possibilitar a flexibilização de horários para capacitação/estudo. Entretanto, a exigência da autonomia para o acompanhamento de cursos não-presenciais, bem como semi-presenciais, é grande e nem sempre o aluno que opta por esta modalidade de curso está consciente disso. Sendo assim, este trabalho visa refletir, por meio de entrevista semiestruturada, a experiência de alunos de três cursos à distância, sendo o primeiro uma Graduação em Licenciatura em Letras Português/Inglês, o segundo uma Pós-Graduação em nível de Especialização no Ensino de Línguas e o terceiro uma Pós Graduação em nível de Especialização em Literatura em Língua Inglesa. Ademais, objetivamos também refletir de que maneira a utilização de tutoriais e vídeo tutoriais podem ter facilitado a autonomia destes alunos. Como suporte, lançaremos mão das teorias de motivação e autonomia na aprendizagem, além da zona de desenvolvimento proximal.
Autores: Breno de Campos Belém
Carlos Adalberto dos Santos Cabral

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

overlord59-tux-neo-matrixEste artigo recebeu Menção Honrosa pela Comissão Científica do UEADSL2015.1

maio 21

Inglês como Língua Franca e EaD

No mundo contemporâneo globalizado, estuda-se o inglês principalmente para o uso como língua franca – ILF, isto é, em contextos internacionais. A literatura atesta as características fonológicas próprias do Inglês como Língua Franca. O ILF ainda é, em grande parte, um construto teórico, no entanto, pode indicar práticas de ensino da língua com perspectivas mais plurais e inclusivas. O objetivo deste artigo é indicar as principais características do ILF e apontar a viabilidade de se ensiná-lo na modalidade EaD.
Autores: José Cristiano de Oliveira Sampaio

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

maio 20

A multimodalidade no contexto da EAD

A EaD vem ganhando espaço no contexto de ensino e aprendizagem brasileiro (COMASSETO, 2007) proporcionando ao aluno aprendizagem autônoma e rápida. Para tanto é necessário que o usuário domine o espaço no qual se insere para o desenvolvimento das atividades. Assim, é necessário, o conhecimento de que ali vários elementos verbais e não verbais são agrupados, o que torna necessário o conhecimento de multimodalidade proposta por Kress e Van Leeewen (2003) que consiste na utilização de vários modos semióticos articulados.
Autores: Marcela Aparecida Toledo Milagres Duarte

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

EAD no Ensino da Engenharia de Produção na UFMG

A Engenharia de Produção tem ganho um grande campo de atuação no Brasil, com o forte avanço da industrialização no país e, juntamente com ela, as escolas de engenharia do setor público têm se fortalecido nessa área de conhecimento. Porém, os cursos nestas oferecidos são de tempo integral e as emoresas que absorvem seus alunos para vagas de estágio ou para seu corpo de funcionários necessitam destes durante o horário comercial. Para resolver esse impasse, a educação a distância pode ser uma boa ferramenta.
Autores: Lucas Vieira Coelho: lucaslvc em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

A importância do software livre na educação a distância

O artigo fala sobre a importância do software livre para a educação a distância. Características do programa, como a possibilidade de adequação as necessidades e o baixo custo promovem a distribuição e acessibilidade da educação a distância, com maior qualidade e agilidade, enquanto o código de acesso aberto permite que o sistema esteja em contínua evolução.

Autores: Camila Vilarino Garcia: camila_vilarino em hotmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

O open course ware como uma forma de ensino à distância

O Open Source Ware é uma iniciativa de diversas instituições de ensino, onde as aulas ministradas em disciplinas presenciais são disponibilizadas on-line, gratuitamente, além de provas e exercícios. Talvez seja o MIT a universidade mais conhecida por esse projeto, tanto por sua fama, quanto pela grande quantidade de matérias disponíveis para download. Este trabalho avalia a possibilidade da utilização deste material on-line por alunos da engenharia metalúrgica da UFMG, comparando-se a ementa de algumas disciplinas do currículo obrigatório com as aulas apresentadas.
Autores: Nelson Henrique Jardim Freire: nhfreire em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

“A influência do software livre no ensino”

O presente artigo aborda o tema: a influência do software livre no ensino e os benefícios de sua inclusão nos currículos escolares. A implatação do software livre nas escolas pode ser uma ferramenta alternativa para o professor gerar nos seus alunos maior interesse nas aulas, e essa motivação teria uma influência positiva e direta no desempenho dos seus alunos na disciplina.

Palavras-chave: ensino, universidade, software livre
Autores: Rebeca Gusmão: wopam6 em yahoo.com.br

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui