Multiletramentos em um contexto do campo

Este artigo apresenta uma análise crítica com embasamento teórico a partir dos conceitos de gêneros discursivos textuais e letramentos. São analisadas experiências pessoais de letramentos diversos. Conclui-se que a diversidade de gêneros, com as quais tive contato, contribuiu positivamente para os meus letramentos incentivando-me a tornar a leitura um hábito comum na comunidade.
Autores: Ingrate Taiz Ferreira

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este artigo recebeu Menção Honrosa pela Comissão Científica do UEADSL2017.2

30 thoughts on “Multiletramentos em um contexto do campo

  1. O artigo “Multiletramentos em um contexto do campo” apresenta uma reflexão muito interessante sobre as diversas formas de um indíviduo letrar-se. Outro fator relevante é a importância que a autora atribui à biblioteca em que reside. E finalmente, como é pertinente o contato das pessoas com a leitura, para o desenvolvimento dos multiletramentos.

  2. O processo da leitura é muito importante na vida do ser humano, através dela temos acesso a vários outros tipos de letramentos, e o acesso a mesma desde criança nos possibilita desde cedo ter uma visão mais aberta sobre muitas coisas , algumas pessoas já estão percebendo o quão é importante e na minha comunidade os pais das novas gerações já incentivam desde cedo a pratica da leitura.

    • A leitura é muito importante na vida das pessoas. Hoje, é um desafio incentivar os pequenos, ao hábito da leitura, principalmente devido às inovações tecnológicas. Mas é preciso que nós, pais, professores e toda a comunidade escolar esteja envolvida nesse processo. O individuo que lê se expressa melhor, além de possuir maior habilidade com o processo da escrita. Não importa o suporte, se é o impresso ou o digital, mas sim, o contato que temos com a leitura.

      • Com certeza, e esse é um grande desafio, mais se todos nos fizermos uma boa ação para ajudar, esse grande desafio vai se tornando cada vez mais pequeno.concordo plenamente quando você diz que é preciso o envolvimento dos pais, professores e toda a comunidade escolar, porque a pratica da leitura faz parte do processo de educação, e não é responsabilidade da família educar sozinha, e nem da comunidade escolar, é preciso que haja um envolvimento e comprometimento de ambas as partes, e preciso uma parceria para que de certo.

  3. Parabéns pelo trabalho! Gostei muito do uso de gêneros literários da comunidade Quilombola de Raiz e em especial das atividades que são realizadas coletivamente e a prática da leitura que é incentivada desde a infância e até quando a pessoa manifestar o interesse. A comunidade procurar trabalhar esse incentivo à leitura de forma lúdica, informal e também na escola.

    • Obrigada, por muito tempo fui leiga em relação a esses assunto, praticas culturais, a importância de sua preservação, a unica coisa que eu tinha certeza era que a leitura sempre fez parte de mim, dai fui aprendendo e percebendo o quantos a as ações coletivas são importantes, e o quanto as culturas, as praticas e a valorização das mesmas nos fortalece, e faz com que a nossa historia, a historia dos nossos ancestrais se mantenha viva.

  4. Olá Ingrate,

    Emocionei-me ao ler o seu texto e vi muito de mim em você. Ainda pequena também me encantei pelos livros e pela biblioteca do meu bairro. Tal ação fez de mim a cidadã que sou hoje e, por isso, concordo quando diz que “[g]arantir e viabilizar o acesso a bibliotecas, espaços públicos de formação, são políticas importantes” a serem feitas. Parabéns pela iniciativa em sua comunidade e por buscar, ainda, resgatar e preservar ainda a cultura de sua região. Vocês já conseguiram recursos ou alguma parceria para a biblioteca? Boa sorte!
    Abraços,
    Marina Morena

    • Obrigado pelas lindas palavras. Esse sonho da biblioteca comunitária ainda esta no começo, como somos uma comunidade quilombola, estamos buscando primeiro a reabertura da escola da nossa comunidade que foi fechada, reabrindo como uma escola quilombola. São muitas lutas mais com a ajuda de Deus em breve venceremos.
      o projeto para a biblioteca esta sendo pensado, e quando estiver pronto começaremos a busca pelos parceiros.
      Abraços..

      • Espero que esse sonho saia logo do planos das ideias e que a escola também seja reaberta. Boa sorte e parabéns novamente. Abraços.

      • Seu relato e empenho pela sua comunidade são inspiradores, Tais. Torcendo por conquistas para vocês!

        Denise.

  5. Parabéns, a autora pelo trabalho. O artigo “Multiletramentos em um contexto do campo” é riquíssimos em reflexões sobre o tema abordado.

    • oi Sidnei, o que eu acho é que o meio digital facilita muito a vida das pessoas, uma pena que não são todos que tem acesso a esse mundo.

      • Tais,
        Acho que Sidinei queria alguma dica de como trabalharmos o letramento digital com nossos alunos, certo Sidinei?
        Abraços.

  6. Parabéns, a autora pelo trabalho.O artigo”Multiletramentos em um contexto do campo” dialoga reflexões riquíssimas, sobre o tema abordado. Muito gratificante , ter lido o artigo.

  7. Ótimo artigo que salienta a importância da leitura para a pratica de letramento. Essa sim deve ser incentivada desde cedo. Muito legal saber que toda uma comunidade se envolve nessa pratica. Parabéns!

    • Obrigada Maura, com toda certeza, e tão importante quanto o incentivo é que a criança tenha a oportunidade de ter desde cedo o acesso aos livros o que muitas das vezes é difícil.

  8. Ingrate, meus parabéns! Seu artigo está muito interessante. Linguagem fluída, objetiva e clara. Além disso, ele tem muita relevância para pensarmos em práticas de letramentos que sejam desenvolvidas em âmbito local, com o objetivo de aperfeiçoar as habilidades de leitura e escrita. A criação da biblioteca coletiva é um projeto importante para desenvolver a relação interpessoal entre os sujeitos, de modo que, juntos, possam construir conhecimento.

    Um abraço!

    • Olá Renata, é muito importante aprendermos a pensar não só em si própio mais também no coletivo, na nossa comunidade valorizamos muito fortalecimento do elo entre as pessoas, e a criação da biblioteca sera um fato muito positivo alem de uma grande conquista,

  9. Parabéns pelo trabalho! Como a leitura na vida das pessoas é importante, mesmo no momento atual ao qual vivemos em meio a tantas tecnologias, descobrir o mundo mágico da leitura é maravilhoso.

    • Oi Luciane, realmente é maravilhoso mergulhar no mundo da leitura, e o que mais me encanta é que podemos viajar, viver historias diversas sem sair do lugar, alem de nos propiciar uma bagagem riquíssima de conhecimentos sobre milhares de coisas.

  10. Parabéns, Ingrate Taiz Ferreira.

    Vale o destaque de como a a apropriação da noção de letramento nas práticas
    pedagógicas de formação dos graduandos tem contribuído para uma renovação nos currículos das licenciaturas.

    Excelente texto.

    Abraço;

    Ricardo Tadeu Barbosa.

    • Oi Ricardo muito obrigada, é verdade, eu mesma não tinha noção nenhuma de letramentos antes de ingressar na universidade, agradeço muito a Deus por essa rica oportunidade.

  11. Parabéns, Ingrate, pelo seu artigo. Ele lança luz sobre um contexto pouco abordado. A questão do letramento tem sido muito discutida do ponto de vista das comunidades urbanas, mas o Brasil é enorme e discussões como essa que você faz são relevantes na defesa de educação de qualidade focando a diversidade cultural.
    Lembrei de um livro que trata do Letramento com esse foco etnográfico e acredito que seja útil a você: Street, Brian. Letramentos sociais: abordagens críticas do letramento no desenvol- vimento, na etnografia e na educação / Brian V. Street ; tradução Marcos. Bagno. – 1. ed. – São Paulo : Parábola Editorial, 2014. 240 p. ; 23 cm. (Lingua[gem] ; 57).

    Abraços, Denise Veridiano.

  12. Olá Denise, Obrigada pelas sabias palavras e pela dica do livro , fico feliz que tenha gostado do artigo. Abraços..

  13. Oi Denise, agradeço pelas sabias palavras, e pela dica do livro com certeza vai ser muito útil, Abraços..