Formas de papel e conteúdo fantástico

O ensaio busca entender a relação entre forma e conteúdo usando as animações feita pela alemã Charlotte Reiniger, pioneira da arte de contar história fantásticas com recortes de papel criando uma espécie de teatro das sombras. A animação escolhida para formulação do artigo é Neve Branca e Rosa Vermelha (orig. Snow White and Rose Red), de 1954. Apoiando-se na teoria Greimasiana de Semiótica, a análise busca compreender como a técnica da artista servia de ótimo apoio para os contos de fadas que ela recriava.
Autores: Lilian Martins Ramos

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

5 thoughts on “Formas de papel e conteúdo fantástico

  1. Gostei da forma como definiu o plano da expressão no tópico 2, Também considerei muito apropriada a análise da debreagem. Gostaria que a autora discorresse sobre sua experiência na análise semiótica, especialmente no que diz respeito a acréscimos (ou não) em relação a análises desse tipo de texto literário realizadas anteriormente.

  2. A proposta do artigo é muito interessante, mas acho que faltou inserir algumas imagens para ilustrar as descrições que a autora fez a respeito da animação.
    Como todo o artigo foi sobre os aspectos do teatro de sombras, ficaria muito mais fácil para nos leitores compreendermos a análise da autora diante das imagens, que por sua vez enriqueceriam o artigo.

  3. Olá!
    Seu tema é fascinante! Realmente muito interessante. Senti falta das imagens, ou maior descrição de detalhes para me favorecer o imaginário visual…
    Aqui vai uma observação a parte: faltou a última revisada no texto, coisa pouca, mas fez falta.

  4. Parabéns pelo artigo.
    O objeto do estudo é muito interessante, foi muito prazeroso entrar em contato com a animação – que achei adorável e muito condizente com a temática fantástica da história por ela contada.
    Concordo que seria mais ilustrativo a inserção de imagens do vídeo, mas o principal é a análise – que você fez muito bem, e sozinha (o que é sempre um desafio). Boa aplicação dos pressupostos semióticos, gostei muito. 🙂

  5. Parabéns pelo trabalho! Achei muito interessante a temática de trabalhar com análise semiótica dessa técnica de animação. É realmente fascinante como (relativamente) poucos elementos podem produzir uma mensagem tão rica em detalhes!
    Abs,
    Priscilla Tulipa

Deixe uma resposta