Contribuição das organizações públicas brasileiras à Educação a Distância

Vários têm sido os avanços para democratizar o acesso a conhecimentos através das ações educativas realizadas por órgãos públicos. Com o objetivo de mostrar as organizações públicas, em âmbito nacional, que promovem cursos de educação a distância, este trabalho centra-se na realização de levantamento em portais institucionais brasileiros para identificar as iniciativas da oferta de cursos a distância por meio de ambientes virtuais de aprendizagem.
Autores: Uziel da Silva Alves
Tallyrand Moreira Jorcelino

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

33 thoughts on “Contribuição das organizações públicas brasileiras à Educação a Distância

  1. É uma boa abordagem realizada pelo artigo, no entanto eu posso perceber que, não apenas no cenário educacional brasileiro, quanto os relatos do próprio artigo que, o maior volume dos esforços tem sido direcionados às tecnologias da informação e da comunicação. Deve ser observado que o centro de um processo educacional são as pessoas, e nesse sentido devem estar focados todos os recursos e esforços, direcionadamente ao processo de interesse das pessoas em realizar a absorção do conhecimento disponibilizado. Vejo muitos esforços sendo realizados no sentido da disponibilidade e compartilhamento, mas vejo poucos esforços no sentido de criar um ambiente ou condições para que alunos se sintam motivados a participar de forma ativa e pro ativa dos cursos à distância. Apontaria a necessidade de um estudo voltado a esse processo, de motivação e criação de capacitadores para a geração conhecimento através de ambientes virtuais, processo que não acredito que seja proporcionado primordialmente por tecnologias, sendo elas importantes ferramentas, mas o processo de aprendizado ainda tem o cérebro humano, o intelecto como finalidade e assim as ferramentas sociais, psicológicas e de interação pessoal, se tornam indispensáveis.

    • Concordo com seu comentário Rodrigo.
      De muito pouco adiantaria disponibilizar conteúdo, se este não conseguir chegar até aqueles que dele necessitam. Ou se nenhum trabalho de base seja feito para aumentar a motivação dos alunos na busca por estes novos conteúdos.

      Neste sentido, o artigo ao fazer uma coletânea de sites onde se pode encontrar material de EAD, já inicia um caminho para tornar conhecido do público estas iniciativas. Tomara que estes trabalhos tomem uma dimensão maior, e que trabalhos de motivação sejam iniciados e colocados em prática o mais rápido possível.

  2. Visto a grande difusão da tecnologia e da internet e da facilidade de acesso que essa propicia, estudos que visam o fortalecimento e divulgação desse meio para aprendizagem são de grande valor. Os resultados apresentados neste trabalho pode contribuir com “avanços,
    tendências e perspectivas dos diversos órgãos públicos em promover intercâmbio de
    conhecimentos, de experiências, das boas práticas e de responsabilidade
    socioambiental por meio da utilização das novas tecnologias educacionais e das
    tecnologias de informação e comunicação no contexto da educação
    a distância”. No entanto, apesar de não abordado pelo artigo, essa temática merece ser melhor discutida, pois, até onde a tecnologia e o aprendizado a distância suprem o modelo de educação atual.

  3. É muito interessante ver a grande difusão do EaD no Brasil, o uso da tecnologia atrelada à educação é fabulosa. Parabéns aos autores pelo belíssimo trabalho!

  4. Prezados Tallyrand e Uziel,

    Acho que o artigo dá uma boa ideia da importância da EaD para a transformação social do país.

    Parabéns, Wagner

  5. É inegável a importância da educação à distância em nosso país, com ela conseguimos um ensino mais democrático e abrangente. A Ead tem dado oportunidade de formação e qualificação à pessoas que não teriam acesso a um curso formal devido a questões como localidade, tempo e finanças. Não conhecia todas essas univesidades corporativas, o artigo foi muito interessante e útil. Parabéns aos autores pela ideia.

  6. Bom dia, muito bom o artigo para mostrar a importância do ensino EAD no Brasil, e principalmente a contribuição das instituições públicas na EAD. Parabéns aos autores do trabalho.

  7. É interessante o artigo, mas me parece ser um levantamento mais de natureza descritiva, faltando uma abordagem qualitativa das experiências de EAD. Pode, claro, não ser o objetivo do estudo, mas essa perspectiva crítica enriqueceria bastante o trabalho.

  8. Discutir sobre EAD, é de extrema importância. Abordar os desafios, as vantagens, e as necessidades de apoio das instituições públicas de ensino, para solidificar essa modalidade de ensino, e dessa forma, padronizar a qualidade da mesma.

  9. Os desafios da EaD vão além do compartilhamento de informações através das TICs, mas pode ser visto como uma base no enfrentamento que pode alcançar interessados na pelo ensino e aprendizado. A contribuição dada pela instituições, sejam elas públicas ou privadas, através da educação a distância, possibilita que servidores destes ambientes ou ao público externo, por meio de cursos abertos a todos, que colaboram com a formação e qualificação de usuários nas diversas áreas, por meio de ambientes virtuais.

    Precisamos nos desafiar e encarar a tecnologia e seus recursos como aliados ao ensino e aprendizado, somando-os a outros métodos e técnicas que podem apoiar ações educativas.

  10. Achei interessante o artigo, mas fiquei com um dúvida – qual foi ou quais foram as metodologias utilizadas para mensuração dos resultados? As organizações públicas influenciam e fomentam o aprendizado, através da educação à distância, mas como exatamente essa conclusão é extraída, a fim de que possamos nos certificar que aquelas organizações que incentivam o aprendizado presencial também não obtém resultados semelhantes?

  11. De modo geral, este trabalho é muito relevante e interessante haja vista que, a educação no contexto atual está muito associada ao uso das Novas Tecnologias da Informação e Comunicação. Em se tratando disto, considero muito certo a responsabilidade das organizações de cunho federal e estadual promoverem iniciativas que visam a formação de seus funcionários efetivos no sentido de ampliar cada vez mais o acesso a este tipo de modalidade de ensino no Brasil. Logo, a educação a distância não comporta somente no contexto de universidades e institutos federais de ensino, mas também outras instâncias, por meio das quais, a educação enquanto campo de saber se faz presente no sentido de contribuir na construção de igualdade de acesso a todos à formação, levando-se em conta a área de atuação.

  12. De modo geral, este artigo científico é muito importante no contexto atual da educação no Brasil, pois mostra que não apenas as universidades e institutos federais de ensino da educação formal são responsáveis pelo processo de formação, mas também outras instâncias sociais que necessitam utilizar esta modalidade de ensino no que concerne a capacitação e formação de seus funcionários efetivos.

  13. De modo geral, considero muito importante a temática abordada neste artigo científico, pois a educação a distância não consiste num processo formativo apenas das universidades e institutos federais, mas também em todas as instâncias, por meio das quais, o homem está inserido e sua utilização enquanto modalidade de ensino é de suma importância porque é responsável pela formação dos seus funcionários efetivos.

  14. A abordagem do artigo é muito relevante pois ele faz com que possamos construir uma nova maneira de pensar sobre a EAD.
    Gostei!

  15. Hoje vejo que EAD é muito mau vista pelas pessoas em geral, em procurar um emprego o curriculum não é bem valorizado e etc… Um universidade publica como UFMG USP UFRJ aderindo ao sistema EAD seria um grande avanço para acabar com esse preconceito que querendo ou não existe..

  16. A democratização do acesso da informação é de extrema importância para o desenvolvimento de uma sociedade igualitária. Por isso, projetos ligados à EaD são imprescindíveis e os autores estão de parabéns pela temática. Concordo que os desafios e os obstáculos para a implementação da EaD existem e não podem ser negligenciados, mas também podem ser uma alavanca para busca de novas possibilidades. A tabela elaborada com os endereços eletrônicos é uma boa ideia para auxiliar na pesquisa de sites confiáveis e com conteúdo de qualidade.

  17. Tema muito interessante a ser explorado.
    Como usuário de tais plataformas, acho uma iniciativa muito interessante a de proporcionar capacitação de funcionários/servidores e do público geral de forma acessível e gratuita.
    Entretanto, por experiências dos cursos já realizados, penso que tais organizações devem investir um pouco mais na qualidade dos cursos ofertados. Por muitas vezes os materiais são bem simples e superficiais, demandando pouco tempo de estudo e agregando menos conhecimento do que poderia fornecer.
    Acho uma excelente iniciativa, recomendo e apoio, mas acredito que ainda temos que melhorar um pouco mais, principalmente na questão de conteúdo.
    Abraços!

  18. As características do EAD são muito importantes, a comunicação bidirecional (distância física e temporal do professor), o uso de tecnologias para mediar as ações educativas, assíncrona (não ocorre ao mesmo tempo) comunicação síncrona entre professor-tutor-alunos via chat e outras a torna altamente acessível e deixa de lado a possibilidade da inflexibilidade de horários.

  19. Gostei muito do artigo, que trata da contribuição das organizações públicas brasileiras para a Educação à distância.O levantamento foi interessante para conhecer estas instituições e saber que já são 10 anos de UAB, as parcerias foram uma ótima ideia, além do EAD em si,que proporciona ampliação do acesso à educação a povos que vivem isolados e marginalizados (que são muitos no país) e mesmo os que vivem nas regiões metropolitanas,mas quem encontram dificuldades no deslocamento diário,além do fator financeiro,e nisto a EAD está em vantagem,pois geralmente quando não gratuitos,os cursos são mais baratos.Outra contribuição da EAD é permitir profissionais que já possuem um trabalho serem tutores à distância.O artigo é breve,mas alcança seu objetivo de mostrar a contribuição da EAD e fazer este levantamento das instituições parceiras,também expõe que há vários desafios para sua implementação e que é necessário maturidade e habilidade para trabalhar em equipe quando se quer iniciar este tipo de trabalho.Outra grande contribuição da EAD citada no artigo é a melhoria na qualificação dos servidores civis e o intercâmbio de conhecimento entre os órgãos públicos , que se trata de um enorme ganho para a sociedade brasileira.

  20. O trabalho é de grande relevância para a visualização da expansão da Ead no Brasil e a relevância de órgãos públicos nesta difusão de conhecimento.
    Sem considerações. Parabéns!

  21. O artigo proporciona uma visão da presença do EaD no país, que é bem grande nos órgãos públicos e consequentemente tem importante função. Contudo, ainda não fomos longe nessa discussão. Tópicos precisam ser levantados, como a divulgação, a ociosidade desses cursos (relação de participantes), a facilidade em participar dessa plataforma, que pode ser um labirinto para pessoas pouco habituadas com a computação. Identificando os problemas, podemos propor soluções. De toda forma, o artigo faz um ótimo trabalho em por em pauta o assunto.

  22. Gostei da proposta do artigo mas considero que há espaço para aprofundar um pouco mais nos números por detrás dessas plataformas levantadas. Qual o número de vagas ofertadas? Qual o resultado final em aprendizado? Os cursos são com ou sem tutoria (autoinstrucionais)? Quais dessas plataformas trabalha com o formato de Curso Online Aberto e Massivo, do inglês Massive Open Online Course (MOOC) ? Qual deles permite a participação e a contribuição do ator em formação para a melhoria do material didático? Qual dessas instituições utiliza plataformas livres e abertas? Qual dessas instituições fomenta a construção e uso de conteúdos de formação de forma aberta e colaborativa (REA – Recursos Educacionais Abertos)?

    Creio que há espaço para ampliar as questões sobre o assunto.

    Parabéns pela iniciativa ! Gostei da proposta!

    Ronald Costa

  23. Acredito que o artigo contribui para o processo de compreensão do EAD no Brasil! com o uso das novas tecnologias é perceptível o acesso da internet chegando a grande parte da população, mas o que particularmente ainda percebo é que esse saber (capacitações, cursos EAD etc), não tem sido tão divulgado e portanto ainda não tem atingido o seu público alvo talvez! confesso que já fiz vários cursos EAD oferecidos por empresas públicas, e foram cursos de excelente qualidade, com tutores disponíveis, fórum de discussões etc!

  24. O artigo explicita de maneira sucinta, como os benefícios da EaD podem atingir todas as áreas profissionais. No mundo dinâmico em que vivemos, o conhecimento é transformado sempre, e os profissionais devem se atualizar para uma melhor produtividade. Não somente como algo obrigatório, mas a EaD oferece a oportunidade de levar conhecimento a quem se interessa pelo aperfeiçoamento profissional e intelectual, mas que não tem a oportunidade de fazer um curso presencial, ou que se interessa somente por um curso de curta duração. Devemos buscar meios dessa informação ser de qualidade, podendo ser transformadora na vida das pessoas, pois a EaD ainda possui o estereótipo de ser inferior a educação presencial. Dados que provam o contrário devem ser amplamente divulgados, para que mais pessoas se sintam seguras em investir em tal modalidade.

  25. Prezados Tallyrand e Uziel, bom dia!

    Admirada com o estudo exploratório dos senhores. Eu sempre acessei algumas das plataformas educacionais das instituições citadas a procura de oportunidade de aperfeiçoamento.
    Acredito que a pesquisa dos senhores cumpre com o papel da comunicação científica que é a democratização da informação e formação dos interessados.
    A missão de formação dos servidores públicos e demais cidadãos com acesso à informação é um assunto importante para discussão. Com o estudo é possível inclusive direcionar as práticas de professores universitários no que tangem ao direcionamento dos seus alunos para um aperfeiçoamento de excelência, para a constituição do profissional multidisciplinar, dinâmico e qualificado com instrumental do aparato estatal.
    Parabéns!

  26. Prezados,
    Venho parabenizar os autores pela pesquisa. O presente estudo veio a contribuir de forma significativa para os estudos da EAD.
    Eu, particularmente, acredito na força da EAD e toda a acessibilidade à educação que ela propõe. Fiz minha graduação em Letras em EAD e tenho muito apreço por essa modalidade de ensino-aprendizagem.
    É necessário políticas públicas nesse sentido para que a EAD, principalmente nas instituições públicas, cresça e se fortaleça.
    Obrigada pelo artigo

  27. Boa tarde,
    Quero parabenizá-los pela pesquisa. Acredito que a EAD veio pra ficar.
    Essa modalidade de ensino traz consigo algo muito especial: a acessibilidade à educação, seja onde for, em qualquer lugar.
    Fiz minha graduação em EAD e acredito no poder transformador desse ensino-aprendizagem.
    As políticas públicas precisam serem reforçadas para que a EAD continue a exercer o seu papel. Muito bom artigo.

  28. Parabéns pelo trabalho. É muito interessante ver a grande difusão do EaD no Brasil, o uso da tecnologia atrelada à educação e a contribuição de instituições públicas. Essa modalidade de aprendizado é essencial para alguns grupos poderem ter acesso a educação.

  29. O EaD infelizmente ainda sofre discriminação no Brasil, em grande parte pela existência de instituições que não levam o potencial desse tipo de ensino à sério como deveriam. A modalidade do ensino à distância é muitas vezes a única ou melhor opção de estudar, principalmente quando o indivíduo precisa conciliar a educação com um emprego formal e a vida familiar (no caso de mães com filhos de pouca idade, que não conseguem creches ou escolas em tempo integral). As iniciativas de ampliar o acesso a esse tipo de ensino são louváveis, e podem ajudar no aumento do nível de educação e instrução da população brasileira, que muitas vezes fica de fora das Universidades por não ter tido acesso à educação básica de qualidade. Muito interessante e pertinente a abordagem do artigo!

  30. A EAD, principalmente nas instituições públicas, é uma forma de dizer que a universidade precisa ser do povo. Tendo contato no meu TCC com os temas da maternidade, é importantíssimo que estejamos de portas abertas para as pessoas que precisem da formação e não possam contar com o deslocamento e as implicações de uma vida acadêmica ou escolar presencial.