Cultura Livre: Uma questão social

Com o advento da internet e a facilidade de difusão da informação e do conhecimento, tornou-se necessária uma maior democratização do segundo.Assim surge o conceito de Cultura Livre, que consiste na disseminação do conhecimento para a sociedade sem os bloqueios de direitos autorais hoje existentes. Portanto, a Cultura Livre trás consigo conceitos de liberdade e democracia, tornando-se um tema social.
Autores: Fernanda Morato Bomtempo
Ricardo Borges Lopes
Karine Ieasmini Cunha Oliveira Lima

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

11 thoughts on “Cultura Livre: Uma questão social

  1. Abordagem interessante. A Cultura Livre deve ser fortalecida, sobretudo nos dias atuais. Os autores devem estar atentos ao seguinte aspecto do texto: adequação ao padrão de formatação exigido e adequação ao gênero (palavras-chave). Paula Tatiana P. Santos

  2. A cultura livre é, sem dúvida, um grande passo para a disseminação do conhecimento e da informação, possibilitando ao maior número possível de pessoas o acesso a conteúdos diversos. Mas vocês acreditam que os usuários de internet (a sua maioria) têm feito uso adequado a todo esse conteúdo disponível no ambiente virtual?
    Regina Pinto

  3. A Cultura Livre é uma marca da atualidade. O compartilhamento das informação é, sem dúvida, o grande condutor das relações contemporâneas. Contudo, é preocupante a criação de uma obra utilizando um trabalho já existente, sem a devida e inafastável referência. Em nome da Cultura Livre não podemos admitir que cópias sem referências ganhem espaço, sobretudo no mundo acadêmico, porque aqui sim, copiar significaria burlar ! Concordam?

  4. A cultura livre está aqui pra ficar e tentar alcançar e abrir a mente da maioria das pessoas e empresas que criaram um mito sobre os direitos autorais. Com a possibilidade de mais acessos a conteúdos e informações além do lazer teremos um grande leque e de possibilidades de nos educarmos. Acessar obras como livros seria um exemplo e usá-los desde que façamos menção aos criadores. Muito bom o trabalho.

  5. O movimento Cultura Livre abre novas possibilidades de compartilhamento e disseminação da informação, atingindo toda a sociedade. É um tema atual e o artigo relata muito bem como questões sociais também envolvem a cultura participativa…

  6. Pessoal, parabéns pelo artigo. O embasamento teórico de vocês foi muito bom e a abordagem do lado social do compartilhamento do conhecimento foi muito interessante.
    A democratização do conhecimento carrega consigo um grande potencial de transformação da sociedade. O compartilhamento da informação, a possibilidade de transformá-la após ter sido criada, obviamente dando créditos a quem a desenvolveu de fato, permite a evolução desse conhecimento em vertentes diferentes por pessoas diferentes, o que sabe-se não ser tão possível com a política de Copyright.

  7. Concordo com as informações contidas no texto que a cultura livre permite uma maior troca de informações entre as pessoas em nível regional ou global, tornando o conhecimento mais democrático.

  8. Interessante o tema do grupo. A Cultura Livre tem os seus pontos positivos e negativos e sempre é necessário abordá-los. Por um lado ela nos permite compartilhar informações, mas por outro prejudicamos, de certa forma, os seus autores. É um tema delicado, devemos pensar e discutir mais sobre. Bom trabalho!

  9. O tema escolhido pelo grupo é muito pertinente e foi abordado de forma clara. É realmente necessário considerar questões éticas ao discutir o acesso às produções culturais por meio da internet. A produção cultural não tem significado se não for compartilhada.
    O único deslize do grupo foi em relação à adequação ao formato do texto, pois o mesmo deveria conter apenas quatro páginas.
    Parabéns ao grupo!
    Helena Viana

  10. Muito pertinente esse entrelaçamento que foi feito entre cultura livre, democratização e direitos autorais. Vocês citaram que tornou-se cada vez mais comum que artistas disponibilizem sua produção ou que obras completas sejam divulgadas, com o intuito de popularizar o conhecimento. Um bom exemplo disso é uma iniciativa que tem apoio do governo federal, conhecida como Domínio Público (http://www.dominiopublico.gov.br), que pretende tornar acessível aquelas obras cujo prazo de vigência dos direitos autorais tenha vencido, ou que tenha a autorização dos seus autores.

  11. Muito interessante a abordagem realizada pelos autores. Concordo que a cultura livre é um caminho importante à socialização do conhecimento, bem como da inclusão. Tornar livre o patrimônio cultural de um povo e promover a democratização do saber, possibilitando novas nuances ao que já existe. É permitir a reinvenção e a produção do saber coletivo. Ótimo texto, parabéns!