Redes sociais: possibilidade de informação ou mera distração?

As redes sociais têm se tornado cada vez mais populares nos últimos anos, principalmente entre o público jovem, sendo que algumas pessoas chegam a ficar horas por dia em contato com esse tipo de mídia. Assim, é comum a crítica que o uso dessas mídias é prejudicial para estudantes, propiciado por uma excessiva liberdade na internet e falta de interesse em outras atividades. No entanto, as redes sociais também se tornaram um espaço importante de
compartilhamento de informações, inclusive profissionais, sendo utilizadas inclusive em processos seletivos de empresas. Este artigo pretende realizar uma discussão criteriosa sobre o papel das redes sociais para estudantes e jovens profissionais, se é possível definir um padrão de uso em detrimento das liberdades individuais e como essas ferramentas podem contribuir para relações profissionais.
Autores: Vinícius Gomide de Castro
Thiago André de Oliveira
Taiga Cafiero Garcia

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este artigo recebeu Menção Honrosa pela Comissão Científica do UEADSL2012.1.

18 thoughts on “Redes sociais: possibilidade de informação ou mera distração?

  1. Como tudo na vida, é bom ter equilíbrio!! E penso que com as redes sociais não é diferente. Elas podem ser usadas tanto para o lazer quanto para o trabalho. E principalmente, podem ser muito eficientes nas duas funções!!

    • Exatamente! As redes sociais podem propiciar um espaço eficiente para as duas funções, sendo que o usuário pode tender mais para uma ou buscar o equilíbrio. A intenção do artigo era justamente mostrar essas possibilidades, que às vezes não são reconhecidas por completo. Ficamos satisfeito da mensagem do artigo ter sido transmitida!

  2. As redes sociais têm todo tipo de artifício para tentar prender o usuário o máximo possível, já que só têm a ganhar com isso, principalmente, aumentando sua visibilidade e garantindo uma boa atratividade para publicidade.

    Diante disso, o usuário tem que se policiar, sabendo que as redes sociais podem ser um grande vilão da procrastinação e do ócio. Conforme bem discutido pelos autores, as redes sociais podem, sim, trazer certos benefícios e tudo depende da maneira como o usuário se utiliza delas.

    • Sim, tudo depende da intenção do usuário! Não acredito que podemos restringir a discussão em termos de uso correto ou incorreto das redes sociais, o importante é ter-se conhecimento das possibilidades para então escolher como utilizar essa ferramenta.

  3. Vocês acreditam que as pessoas tem abrido mão da própria privacidade, em nome de uma maior interação com outros usuários de redes sociais?

    • Sim, quando as pessoas interagem com outros usuários, elas compartilham experiências e aspectos de sua vida social. Novamente, não acredito que isso seja necessariamente bom ou ruim, o importante é que essas escolhas sejam conscientes!

      • Ótimo artigo. Realmente o que vai determinar se o uso das redes sociais são positivos ou negativos, é a forma como o usuário administra essa ferramente.
        Muitos crítico, afirmam que as redes sociais fazem com que o internauta se isole das pessoas e desaprendem a conviver pessoalmente. Vocês consideram que o aumento do uso das redes sociais, podem causar um isolamento do usuário, já que muitos, “trocam” os contatos presenciais por vituais?

        • Olá Jaqueline, eu não vejo uma relação clara de causa e efeito nesse caso. Esse isolamento pode acontecer, mas não acredito que isso seja algo intrínseco às redes sociais. Como você disse, tudo depende da forma como o usuário administra a ferramenta.

  4. Gostei do debate proposto por vocês. E é bem verdade, que na vida tudo é questão de equilíbrio… podemos sim, usar as redes sociais em nosso favor( pesquisar produtos, conhecer empresas, interagir com outras pessoas, etc) ou utilizá-las de maneira inapropriada. A escolha é nossa. Ou seja, livre arbítrio.

  5. Gostei da abordagem escolhida. Acho que é uma questão bastante discutida, de até onde as redes sociais são capazes de tirar o foco de atividades importantes de seus usuários ou não. Reparei que vocês concentraram principalmente no caráter profissional que essas ferramentas podem adquirir. Gostaria de saber o que o grupo acha do caráter acadêmico que essas redes podem possuir! No mais, parabéns pelo trabalho!

  6. Bom artigo. Penso que a economia com telefone fixo, combustível, fax e correio foi o principal benefício que a internet trouxe para as empresas. Papéis, documentos, fotos e inúmeras pequenas informações que demandariam uma ligação telefônica não são mais feitas. As informações ficam disponíveis na internet. A outra grande economia é a de tempo: uma fotografia que demandaria dois dias para ser impressa ou entregue pelo correio chegam imediatamente pelo MSN.

  7. Acredito que as redes sociais preconizaram os dois lados, é importante o indivíduo saber se policiar, mas essa agilidade de informações, a globalização e mundialização das informaçoes que as redes sociais proporcionam trouxeram como consequencia um novo padrão de vida que atinge todas as faixas etária, a era do imediatismo, da competitividade e principalmente de relações interpessoais frias e longínquas em detreimento das antigas relaçoes, mais proximas calorosas e saudáveis, nao que as relações de amizade nas redes sociais, nao sejam saudáveis, com certeza possuem seu lado positivo, mas que estreitou um contato mais pessoal, com toda certeza, isso é evidente, obvio demais, e até considerado normal nos moldes societais da atual conjuntura em que vivemos.

  8. Apesar de ser um tema discutido sempre que se trata do meio de comunicação internet, o tema de vocês é de extrema importância para mostrar a uma parte da população que acredita que esse meio de comunicação é utilizado como simplesmente uma forma de entretenimento, sendo que a internet é dotada de diversos mecanismos, como é pautado no artigo, que colabora com a formação intelectual das pessoas que sabem utilizá-la de maneira adequada! Abraços!
    Lorena Latini

  9. Parabéns pelo trabalho de vocês! O texto explicita muito bem os benefícios das redes sociais, uma vez que elas possibilitam uma interação e compartilhamento de informações entre seus usuários. Cabe a eles utilizarem ou não essa ferramenta para benefício próprio.

  10. Muito bom o trabalho de vocês, acredito que redes sociais são uma excelente ferramenta, a forma que nós usamos é que molda ela, e sim onde existe informação instantânea e gratuita, também existe desinformação. Cabe a cada um ter senso critico.

  11. Apresar da crescente participação das redes sociais na sociedade, esse compartilhamento de ideias e exposição da vida pessoal deve ser controlada. Adolescentes estão se envolvendo cada vez mais cedo com as redes sociais, sem a maturidade para julgamento do que é bom ou não, daquilo que lhe acrescenta ou não, ou até mesmo daquilo que se deve publicar. A privacidade deve ser mantida pelo próprio usuário que deve ter a consciência de saber até quando deve se expor.

  12. As redes sociais já provaram a força que tem tanto para o lazer e quanto para os negocios. Faz poucas semanas que muitos economistas estavam discutindo o valor das ações do facebook que iriam entrar na bolsa de valores, como saber o valor da informação? O conjunto de informações contidas nas redes sociais ainda foi pouco explorado, ações de marketing, estudo de comportamento de grupos, etc. As redes sociais podem ter começado como lazer, um meio para compartilhar com amigos, mas hoje são complexas e tem varias funções a serem ainda descobertas.

  13. Parabéns pelo trabalho! Achei legal e diferente a abordagem sobre como as redes sociais estão interferindo nas relações proficionais. Ja ouvi casos de pessoas que foram demitidas por coisas que postaram no facebook.