nov 15

Uma experiência no ensino de gramática na Escola Família Agrícola de Veredinha – EFAV

Percebe-se que o ensino da gramática, na maioria das escolas, aborda a concepção normativa em que predomina-se a análise gramatical desvinculada das práticas sociais de uso da língua. Com base nas discussões sobre o ensino de gramática apresentadas por Antunes (2003), Possenti (1996) e Perini (2010) a experiência realizada na EFAV rompeu com as práticas vigentes.
Autores: Neltinha Oliveira dos Santos

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

A interdisciplinaridade presente no projeto “Quiero Leer y Hablar en Español: Oficinas Literárias”

Este artigo aponta a interdisciplinaridade presente no projeto de apoio ao ensino de graduação (PROAE) “Quiero Leer y Hablar en Español: oficinas literárias”. Além de observar o projeto supracitado, estuda a interdisciplinaridade presente no projeto que envolve dois cursos, de Humanidades e de Letras.

Autores: Suellen Oliveira Leffen da Vitória

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

Gramática e letramento no ensino da Língua Portuguesa na Escola Estadual “Maria Elisa Valle de Menezes”

O presente artigo pretende mostrar, de forma geral, como se ensina gramática no Ensino Fundamental II na E. E. Maria Elisa Valle de Menezes. Além disso, teve por objetivo analisar a forma como a gramática é discutida dentro da sala de aula e como trabalha-la associada ao letramento. O artigo foi desenvolvido tendo como base os autores Possenti (1996) e Kleiman (2005). Os dados coletados para realização desse artigo foram as observações em sala de aula.
Autores: Vivianne Aparecida Pereira Souza
Edilene Aparecida Pereira de Souza

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

Uma experiência com o ensino de língua portuguesa no âmbito do PIBID

Este artigo traz uma análise sobre o ensino de língua portuguesa, a partir da participação no Programa Institucional de Bolsa de iniciação à docência em uma escola de ensino fundamental de Ouro Vede de Minas-MG. Para tanto, apresentamos uma revisão teórica voltada para o entendimento da necessidade de um ensino contextualizado. Por último, descrevemos duas experiências com revisão de textos. Por último, as práticas apresentadas são avaliadas segundo a revisão teórica.

Autores: Denalha Ferreira dos Santos
Josiany Vieira de Souza

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

Gêneros textuais no ensino de língua/gramática

Este trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência vivenciada na Escola Estadual São Domingos pelos bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). A partir do entendimento teórico da necessidade do estudo de gêneros textuais para os letramentos, busca-se refletir sobre a formação crítica dos alunos, bem como a percepção do discente dos aspectos comunicacionais da língua.

Autores: Eliana Alves Jardim Ribeiro
Zulmária de Souza Faustino Dias

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

Práticas de gênero discursivo e letramento em São Gonçalo do Rio Das Pedras

Este estudo pretende evidenciar as práticas com gêneros discursivos orais e escritos como forma de letramentos presentes na cultura de São Gonçalo do Rio das Pedras. Com isto objetiva-se demonstrar a importância dessas práticas na formação de saberes. Sabemos que a cultura os povos campesinos são marcadas pela oralidade e nada melhor que uma boa prosa para manter viva nossa história.
Autores: Ivani de Fatima Assunção Rodrigues

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este artigo recebeu Menção Honrosa pela Comissão Científica do UEADSL2017.2

nov 15

Multiletramentos em um contexto do campo

Este artigo apresenta uma análise crítica com embasamento teórico a partir dos conceitos de gêneros discursivos textuais e letramentos. São analisadas experiências pessoais de letramentos diversos. Conclui-se que a diversidade de gêneros, com as quais tive contato, contribuiu positivamente para os meus letramentos incentivando-me a tornar a leitura um hábito comum na comunidade.
Autores: Ingrate Taiz Ferreira

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este artigo recebeu Menção Honrosa pela Comissão Científica do UEADSL2017.2

nov 15

A importância da família nos processos de letramentos

Este artigo refere-se às práticas sociais familiares que promovem letramento e influenciam crianças no desenvolvimento de sua capacidade em tornar-se letradas com acontecimentos cotidianos observados no âmbito familiar, gêneros (orais ou escritos) corriqueiros, mas que exercem papel importante nos processos de letramento.
Autores: Sandra Ferreira da Silva
Yasmin Rodrigues de Barros
Maria Natiele Soares Ramalho

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

Cultura e gêneros textuais: práticas de letramentos

Este artigo fundamenta-se nos conceitos de letramento e de gêneros textuais como resultado de práticas culturais. Partindo de definições e orientações teóricas, tem-se como proposta introduzir gêneros como cordéis, repentes e vilões ao contexto escolar. Ao se analisar as formas de letramentos presentes em comunidades campesinas, trabalhar esses gêneros textuais resultaria em uma valorização das culturas rurais.
Autores: Mateus Felipe Oliveira Santos
Vinícius Lima Cardoso
Fransciele dos Reis Candido

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

nov 15

Letramentos de um jovem de assentamento rural

O texto traz uma análise teórica baseada no estudo de letramentos a partir das memórias de um jovem assentado em Janaúba-MG. A análise traz os gêneros textuais que contribuíram para em seu processo de aprendizagem. Conclui-se que gêneros como música, quadrinhos, filmes e animes, por chamarem mais a atenção e despertarem mais interesse que gêneros mais complexos, tiveram mais importância nesse processo.
Autores: Samuel Lemes Pereira

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui