jun 09

Tecnologias digitais e influências no desenvolvimento das crianças

Este artigo aborda o uso das tecnologias digitais pelas crianças de 0 a 6 anos, considerando as funções lúdicas que essas mídias oferecem. Utilizou-se, no estudo, de levantamento bibliográfico e observações infantis. Destina-se a evidenciar os limites e as possibilidades que as tecnologias podem trazer para o desenvolvimento das crianças.

Autores: Mahara Oliveira Canaan, Luciana Christina Ribeiro, Yuki Paolla Suruki

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 09

A resenha crítica como contribuinte para a formação de um aluno-autor

O presente artigo é resultado de um trabalho desenvolvido com alunos do 8º ano do Ensino Fundamental II, visando à formação de aluno-autor. Para tanto, foi escolhido o gênero resenha crítica com vistas a não só ampliar a capacidade de argumentar por escrito, como também compreender a resenha como um gênero textual que apresenta informações e avaliações sobre o objeto resenhado. A escolha desse gênero não se fez de forma aleatória, é fruto de discussões em sala sobre diversos filmes e séries que permeiam o universo juvenil. Nessa perspectiva, o professor deixa de ser corretor e se configura como leitor.
Autores: Rosaly de Almeida Lopes

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 09

Uma proposta de produção textual a partir do gênero meme

Considerando o uso de textos multimodais na construção de temas para produções textuais, o presente artigo trata de um projeto de ensino que tem como objetivo a produção de artigos de opinião partindo da leitura de “memes” que abordam questões sociais e políticas, por parte de alunos do oitavo ano do Ensino Fundamental, de uma escola municipal de Belo Horizonte. Os artigos serão publicados na página da escola no Facebook.
Autores: Geizielle Nathália França Athouguia

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 07

A oferta da Libras na UFMG enquanto disciplina na modalidade EaD e os desafios da formação de professores para o ensino de surdos

O  estudo foi  desenvolvido  a  partir  de  uma  pesquisa bibliográfica  com  o objetivo  de analisar  a  implementação  da  disciplina  de  Libras EaD na  Universidade Federal de Minas Gerais enquanto estratégia  de formação  de professores para atuarem  na  perspectiva  da  inclusão  de  alunos  surdos  no sistema  regular  de  ensino. O  intuito  é colaborar com  o debate institucional e fomentar a adoção  de melhores práticas  que corroboram com o processo de inclusão educacional do sujeito surdo.
Palavras-chave: disciplina de libras, EaD, formação de professores, educação de surdos.atualizar

Autores: Maria Aparecida Pacheco, Breno Heleno Ferreira

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 05

Gestão de pessoas na EaD: tendências, desafios e perspectivas

Este trabalho investiga a gestão de pessoas em Cursos de Graduação EaD. Nos últimos anos a EaD cresceu significativamente, assim, a gestão de pessoas é instigada a primar pela qualidade educacional, acesso/permanência dos alunos e formação docente para a EaD. Os resultados evidenciam a relevância da gestão educacional em cursos de graduação EaD.
Palavras-chave: Gestão de Pessoas. EaD. UAB. Competências.
Autores: Suzana dos Santos Gomes

jun 01

Livro Amigo

Brasileira cria primeiro personagem livro no mundo o AMIGO LIVRO: o livro amigo da criança, com registro de direito autoral na Fundação Biblioteca Nacional. Assista ao vídeo e converse com a Autora no UEADSL!
Autora: Sâmia Macedo Ferreira Macedo

    

 

maio 29

O uso do Facebook como ferramenta para implementar uma atividade avaliativa baseada no Fórum online

O objetivo deste artigo é avaliar a aplicabilidade do Facebook como um recurso para a prática docente. Os objetivos específicos consistiram em (i) comparar essa rede social com o Moodle como uma ferramenta para operacionalizar um fórum de discussões e para disponibilizar arquivos e (ii) discutir as limitações e vantagens de implementar um fórum com uma rede social online como o Facebook, disponível a qualquer pessoa sem custo. Este artigo apresenta um relato de experiência de utilização do Facebook como um ambiente virtual de aprendizagem, como suporte ao ensino presencial. Essa rede social foi uma alternativa ao Moodle, que, apesar de ser uma plataforma livre, não estava disponível aos alunos em função de restrições administrativas da instituição de ensino. O experimento foi realizado ao longo de três anos e satisfez adequadamente as demandas da atividade fórum.

Autor: Antônio Artur de Souza

SLIDES: acesse aqui

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui
Este artigo recebeu Menção Honrosa pela Comissão Científica do UEADSL2017.1

maio 25

Contribuições da Ead no aprendizado de línguas estrangeiras por pessoas surdas

Mapeando inicialmente o cenário atual em relação a inserção de pessoas surdas e deficientes auditivas nas escolas brasileiras e a acessibilidade ao aprendizado de Libras, o presente trabalho busca investigar as contribuições da Educação a distância no aprendizado de línguas estrangeiras pelos surdos, com foco na ASL, a língua americana de sinais.
Autores: Thalles Martins Rodrigues

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

maio 25

Cultura Livre: Banalização Cultural ou Desenvolvimento Criativo

Conhecimento e cultura são considerados patrimônios da humanidade para Cultura Livre, que diz que trabalhos e obras criativas podem ser distribuídos e modificados livremente, podendo ser um estímulo à criação. Mas qual é o ponto em que isso pode não ser considerado banalização da cultura já que o caráter ‘exclusivo’ acaba por se perder, e faz com que criações únicas se tornem cotidianas.
Palavras-chave: Cultura Livre, Criação, Propriedade Intelectual

Autores: Jady Caroline de Sousa Costa

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui