nov 17

Escolha o melhor trabalho do ueadsl2014.2 para que este receba Menção Honrosa

Nesta edição do UEADSL serão escolhidos, pelo voto do público e avaliação da Comissão Científica, os 3 melhores trabalhos que receberão Menção Honrosa.

Deixe aqui seu voto, no qual deve aparecer o título e o link da proposta que você considera a melhor.

A divulgação dos  vencedores deve acontecer na sexta-feira, portanto a votação será encerrada na noite de quinta-feira.

Obrigada pela participação!

Cordialmente,

Comissão Organizadora UEADSL2014.2

nov 17

Da mídia impressa ao hipertexto: o uso do blog, vídeo e editor de histótria em quadrinhos como estratégia de leitura e escrita

RESUMO: O presente estudo tem como objetivo abordar experiências didático-pedagógicas em leitura e escrita de alunos do Ensino Fundamental da Escola Estadual de Ensino Médio Emílio Alves Nunes, situada no município de Herveiras, interior do Rio Grande do Sul, a partir de textos manipulados em ambientes virtuais chamado de hipertextos exemplificados através do uso do Blog, Vídeo e um editor de história em quadrinhos. Como metodologia e desenvolvimento criou-se uma oficina de textos no turno inverso em que participaram voluntariamente alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental embasado por três planos de aulas em leitura e produção textual confeccionados em meio impresso (copiado nos cadernos) e aplicada em meio digital (computador, filmadora e conexão pela internet) para os alunos no laboratório de informática. Conclui-se nessa pesquisa a estratégia promovida pelo professor em fazer os estudantes ficarem mais atraídos e competentes nas práticas de leitura e produção textual da disciplina de língua portuguesa.
Autor: Juliano Paines Martins (PPGL/UNISC e PROSUP/CAPES)
Adriana Soares Pereira

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este trabalho recebeu MENÇÃO HONROSA no UEADSL2014.2!

nov 07

As affordances motivacionais da gamificação na EAD

A gamificação não é um gênero de jogo. Ela é um conceito que usa/compartilha das técnicas do design e da mecânica dos games em contextos de não-jogo para engajar as pessoas em uma experiência lúdica e divertida. Esta palestra tem por objetivo discutir as affordances motivacionais da gamificação para a aprendizagem na EAD. Os principais tópicos a serem discutidos neste estudo são: o uso de ranking, pontuação e medalhas coo forma de estimular os sujeitos em processos de aprendizagem e noções sobre motivação intrínseca e extrínseca.
Autores: Gerson Bruno Forgiarini de Quadros

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este trabalho recebeu MENÇÃO HONROSA no UEADSL2014.2!

nov 03

Os impactos do Software Livre na educacão

Com o avanço tecnológico em ritmo acelerado nos dias de hoje, percebe-se uma necessidade de atualização para que consigamos acompanhar as novidades tecnológicas, pois a cada versão de um hardware e software dita-se um novo paradigma de seu uso. Com base nessa necessidade nós, usuários, temos que estar sempre atualizados para que possamos acompanhar o mercado de trabalho, os meios educacionais e todas as questões sociais e comunicativas.
Relacionado a questões educativas, o Software Livre tem ganhado destaque na área pedagógica fazendo com que vários projetos utilizem-no como sua principal ferramenta educacional, pois o mesmo tem diversas vantagens como: custo, implementação, manutenção, customização das ferramentas para as diversas necessidades, liberdade de transição de ferramentas entre outras. Essa iniciativa gera um impacto, e esse impacto é o objeto de estudo de nossa pesquisa.
Autores: Paulo Roberto Boss Junior
Melina Gonçalves Almeida
Felipe Fernandes da Silva

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este trabalho recebeu MENÇÃO HONROSA no UEADSL2014.2!

nov 03

Liberdade versus opressão: no discurso antirracista

O objetivo deste estudo é investigar, no nível narrativo, os programas de manipulação recorrentes no discurso “Que a liberdade ressoe” de Martin Luther King. Trata-se de um texto veiculado num blog e de apelo antirracista, cuja análise pretende ser estendida aos planos de expressão e de conteúdo. O mesmo será baseado na teoria dos programas narrativos (abreviadamente PN) recorrendo aos conceitos de LARA (2012). Dessa forma, busca-se apresentar quais as fases do PN utilizadas para construir o discurso, bem como as etapas e percursos para edificar a relação entre sujeito e objeto. Além disso, expor quais as reverberações causadas pela retórica do discurso nos hábitos e comportamentos contemporâneos.
Autores: Glenda Kely de Almeida Bastos
Valéria Maciel de Souza
Thamara de Freitas Alves
Márcia Beatriz Fernandes Caetano

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

Este trabalho recebeu MENÇÃO HONROSA no UEADSL2014.2!