jun 06

INFRA-ESTRUTURA COMPUTACIONAL DO UFMG VIRTUAL

A educação a distância é cada vez mais presente nas instituições de ensino superior do Brasil. Na Universidade Federal de Minas Gerais, a implantação do ambiente virtual de aprendizagem UFMG Virtual permitiu a criação de diversos cursos à distância apoiados por tecnologias da informação. Ademais, viabilizou a integração com o sistema de informações acadêmicas da universidade, atingindo também professores e alunos dos cursos presenciais. Neste trabalho, analisamos a infraestrutura computacional necessária para a preparação dos ambientes físicos e virtuais do UFMG Virtual que possibilitam o uso das tecnologias da informação no apoio ao ensino a distância, de acordo com as necessidades específicas da UFMG.
Autores: Vagner Clementino dos Santos: vagner.clementino em gmail.com
Afonso Henrique Sampaio: afonsohenriquesampaio em gmail.com
Gustavo Freitas Ferreira: gufre19 em hotmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

Influências e Possibilidades do Uso da Tecnologia da Informação na Educação

O autor relaciona educação e tecnologia, tomando como ponto de partida a maneira com que os avanços tecnológicos influenciaram o ensino de modo geral através dos tempos. A partir da análise dos diferentes cenários educacionais e dos rumos tomados pelas pesquisas, disserta sobre os ganhos que a tecnologia trouxe para a educação e quais são as possibilidades presentes e futuras.
Autores: Gustavo Cançado de Azevedo: gustavo.azvd em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

EAD no Ensino da Engenharia de Produção na UFMG

A Engenharia de Produção tem ganho um grande campo de atuação no Brasil, com o forte avanço da industrialização no país e, juntamente com ela, as escolas de engenharia do setor público têm se fortalecido nessa área de conhecimento. Porém, os cursos nestas oferecidos são de tempo integral e as emoresas que absorvem seus alunos para vagas de estágio ou para seu corpo de funcionários necessitam destes durante o horário comercial. Para resolver esse impasse, a educação a distância pode ser uma boa ferramenta.
Autores: Lucas Vieira Coelho: lucaslvc em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

A importância do software livre na educação a distância

O artigo fala sobre a importância do software livre para a educação a distância. Características do programa, como a possibilidade de adequação as necessidades e o baixo custo promovem a distribuição e acessibilidade da educação a distância, com maior qualidade e agilidade, enquanto o código de acesso aberto permite que o sistema esteja em contínua evolução.

Autores: Camila Vilarino Garcia: camila_vilarino em hotmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

Ensino à distância no Brasil: tecnologia e desenvolvimento social

A educação a distância já é, indiscutivelmente, uma realidade no Brasil. Em um contexto de transformação social e maior ascensão econômica de classes antes excluídas dos processos educacionais, a educação a distância é uma excessiva exigência social e pedagógica para atender as necessidades massivas e diversificadas de educação e formação de pessoas, que procuram a formação superior como forma de serem mais bem inseridas no mercado de trabalho. Esse é um movimento pela democratização das oportunidades de acesso a bens sociais e, incluídos neles, à educação, levando em consideração as características do estudante, seus interesses, condições de vida e de trabalho. Nesse sentido, a educação à distância é uma revolução no ensino e os softwares livres são vetores dessa revolução. O acesso ao ensino superior e os softwares livres são fundamentais para o desenvolvimento sustentável do país e para o combate a pobreza. Pretende-se, então, nesse trabalho, relacionar como a educação à distância tem renovado os métodos de ensino nas instituições de ensino superior e como ela, juntamente com os softwares livres, possui capacidade de intensificar o uso da tecnologia da informação, diminuir a exclusão digital e, assim, transformar a realidade social brasileira.

Palavras-chave: Educação a distância, software livre, ensino superior, exclusão digital.
Autores: Letícia Neves Gomes: leticianevesg em gmail.com
Ana Flávia Sousa Ramos: ana_flaviasr em yahoo.com.br

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

Possibilidades do uso de softwares livres em disciplinas à distância nos cursos de engenharia.

A possibilidade de utilização de softwares livres e do ensino de disciplinas à distância para os cursos de engenharia na Universidade Federal de Minas Gerais são apresentadas como uma forma de tornar os cursos mais dinâmicos e atualizados. Conhecidos como cursos de longa duração e de grande carga teórica, mas que também devem acompanhar o desenvolvimento tecnológico, teriam o uso da internet e softwares adequados como alternativas ao modo didático convencional. Aulas em ambiente virtual e com uso de softwares colaborativos permitiram aos alunos proximidade com as atuais ferramentas de comunicação e desenvolvimento.
Autores: Samuel Queiroz Pinto: squeiroz.1 em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

Moodle e EaD: Avaliação pelos alunos da FALE-UFMG

O presente artigo tem como objetivo analisar a avaliação do Ambiente de Aprendizagem Virtual Moodle feita pelos graduandos em Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, bem como apresentar opiniões dos usuários a respeito da acessibilidade, comunicabilidade e funcionalidade do programa e suas ferramentas. Consoante com proposta ideológica do Software Livre, pretende-se levantar possíveis soluções para eventuais problemas. A análise foi realizada a partir de dados coletados através de um questionário aplicado aos graduandos.
Autores: ALINE KELLEN DE ARAUJO COELHO: coelho_kellen em yahoo.com.br
Daniel Alves de Oliveira: daniludens em yahoo.com.br
Úrsula Francine Massula: ursulamassula em yahoo.com.br
Ingrid de Castro Faria: ingrid_farah em hotmail.com
Iran Felipe Alvarenga e Gomes: iranfelipe em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

Dilemas no processo de democratização da universidade pública brasileira: a arriscada relação entre EAD e Software Livre

As universidades não são novidades no mundo ocidental. As mais antigas somam mais de 800 anos de existência. No Brasil, embora algumas faculdades isoladas apareçam já no século XIX, pode-se dizer que as universidades públicas no país – principalmente federais – sejam instituições do século XX. A grande maioria não soma nem um século completo de existência. Ainda que o número destas instituições esteja em franco crescimento, assume-se claramente o déficit – quantitativo e qualitativo – do ensino universitário no país, sendo imperativo empreender uma verdadeira democratização da universidade pública brasileira. Esse imperativo, por si só, denuncia que tal empreendimento ainda está por fazer. Recentemente, a partir do advento da internet, a EAD surge nesse cenário como possível solução para esse problema histórico. É também a partir da internet que os Softwares Livres (SL) têm gradativamente ganhado mais adeptos e fortalecido sua filosofia. Não por acaso, tais ferramentas têm sido associadas atualmente, considerando que a EAD tem muito a crescer com o apoio dos SL. Todavia, serão SL e EAD perspectivas intercambiáveis, ou pelo menos tão facilmente associáveis? Como tem ocorrido esse debate? Em que medida o SL, considerado como discurso político, tem refletido sobre os limites e possibilidades da EAD? Quais aspectos devem ser levados em conta, a fim de se compreender os impasses na relação entre EAD e SL? O que se pretende neste artigo, portanto, é refletir criticamente sobre a relação entre EAD e SL a partir do necessário processo de democratização da universidade pública no Brasil.
Autores: Thalles Ribeiro: thallespsi em hotmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

Novos meios que incrementam o ensino superior

A disponibilidade na Internet de recursos como Software livres e a possibilidade do ensino à distância proporcionaram aos universitários uma variedade maior de opções para aperfeiçoar e incrementar o seu ensino superior.O projeto sobre os novos meios que incrementam o ensino superior visa detectar as vantagens da EAD e programas livres,como, a praticidade,a rápida obtenção e compartilhamento de informações, os benefícios para pessoas portadoras de deficiência física.Além disso,o projeto fornecerá informações de como os softwares livres podem ser úteis para cursos da área agrária como o de aquacultura e baseará nos autores: Maria Cândida Moraes,Anderson Fernandes de Alencar, graduado em pedagogia.
Autores: joao mauricio leite alvarenga botelho: jm.bo em bol.com.br
Guilherme Alves de Queiroz: guigaopaia em yahoo.com.br

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui

jun 06

O apoio do Google ao software livre.

O Google, gigante empresa de Tecnologia da Informação, é uma grande usuária de Software Livre e uma participante ativa de muitos projetos desenvolvidos em código aberto. Este artigo expõe o importantíssimo apoio que o Google está oferecendo ao software livre com lançamento de programas e eventos incentivando sua criação, aperfeiçoamento e distribuição.

Palavras chaves: Google, software livre.
Autores: Heitor Luis Silva Peres: hectordarkness em hotmail.com
Thomas Rodrigues Thorun: trthorun em dcc.ufmg.br
Marcelo Fiuza: fiuza.marcelo em gmail.com
Felipe Martim Fernandes Vieira: felipemartim em gmail.com
Donnys Fernandes Silva: donnysssj em gmail.com

Leia o ARTIGO COMPLETO aqui